Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Itanhaém alerta para risco de leptospirose no período de chuvas

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2020-02-08 -22:45

Itanhaém alerta para risco de leptospirose no período de chuvas

         Uma das grandes preocupações na área da Saúde, nessa época do ano é o risco de leptospirose, doença infecciosa resultante do contato direto ou indireto com a urina de animais (principalmente ratos) infectados pela bactéria Leptospira. 

        Estação típica de sol e muito calor, o Verão também tem como característica as fortes chuvas e alagamentos aumentam os riscos de leptospirose, fato que preocupa a todos que trabalham na área da Saúde.

         A Secretaria de Saúde de Itanhaém faz um alerta os munícipes quanto aos cuidados de prevenção à doença, alerta este que consideramos importantíssimo para todos, porque as enchentes na região se tornam rotineiras nesta época facilitando o contato do principal agente transmissor (rato infectado) ao ambiente humano. A Secretaria ressalta que animais como bois, cavalos e até cães também podem adoecer e transmitir a doença. Além disso, o contato de humanos com esgotos, lagoas, rios e terrenos baldios também aumenta a possibilidade de propiciar a infecção.

          Sintomas - Entre os possíveis sintomas, destacam-se febre alta, mal-estar, dor muscular, olhos vermelhos, tosse, cansaço, diarreia, náuseas e manchas vermelhas.

             Em casos de suspeita, é recomendado procurar um médico e relatar que teve o contato e exposição à doença. É importante destacar que a automedicação não é indicada e pode, inclusive, agravar a doença.

              Prevenção - Evite o contato com água ou lama de enchentes;                           

-   Desinfete e vede as caixas d´água, além de frestas e aberturas em portas e paredes;

– Utilize água sanitária para desinfetar reservatórios de água, pois o produto mata leptospira;

– Para controlar roedores, recomenda-se o uso de raticida (desratização), que deve ser realizado por técnicos devidamente capacitados;

– Acondicione e destine adequadamente o lixo;

– Armazene apropriadamente os alimentos;

– Quem trabalha com limpeza deve usar botas e luvas de borracha (ou sacos plásticos duplos amarrados nas mãos e nos pés). (Foto: Divulgação)