Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Morre ex-deputada federal Mariângela Duarte

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2020-05-22 -01:29

Morre ex-deputada federal Mariângela Duarte

         Morreu no final da tarde desta quinta-feira (21), a ex-deputada federal Mariângela Duarte. Ela tinha 74 anos e faleceu em decorrência de complicações de um câncer. Mariângela exerceu um mandato como deputada federal por São Paulo, entre 2003 e 2007.

         Em sua carreira política, foi membro do Diretório Municipal do PT em Santos em 1989, membro da executiva do partido de 1989 a 1994, e exerceu outras funções no partido. Foi vereadora de Santos por dois mandatos (1988-94), deputada estadual também por duas vezes (1994-2002). Após o fim de seu mandato como deputada federal filiou ao PSB.

         Mariângela de Araújo Gama Duarte nasceu no Rio de Janeiro, veio para Santos em 1973. Formada em Letras e Mestre em teoria literária, foi professora da rede Estadual de Ensino e universitária, fundadora da Associação dos Professores do Ensino Oficial do Estado na Baixada Santista e foi presidente da a Associação dos Docentes da UniSantos.

        Ela teve forte envolvimento com a cultura, notadamente na música, artes plásticas e história da arte. Sua atuação foi fundamental para diversas conquistas importantes, entre elas a vinda da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) para Santos e também para a instalação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo, em Cubatão, onde foi patrona da primeira turma de formandos.

       De personalidade forte Mariângela era conhecida pelo espírito guerreiro e pela lealdade aos amigos e às suas convicções. Se trabalho em prol da universidade pública na Baixada Santista é uma de suas grandes marcas. Ela era viúva, deixa quatro filhos e seis netos. O corpo da professora foi cremado na Memorial Necrópole Ecumênica de Santos, na manhã desta sexta-feira em cerimônia restrita aos familiares.

     O prefeito santista Paulo Alexandre Barbosa decretou luto oficial na Cidade por três dias. (Foto:Arquivo/Divulgação)