Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Rede hospitalar de Santos tem redução nas internações por covid-19

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2020-06-28 -23:51

Rede hospitalar de Santos tem redução nas internações por covid-19

           A Secretaria de Saúde de Santos informou neste domingo (28), que a rede hospitalar da Cidade, rede hospitalar de Santos tem 375 pacientes internados com sintomas da covid-19. De acordo com as informações prestadas pelos hospitais públicos e privados à Secretaria Municipal de Saúde, é o menor número registrado desde 16 de maio (há 44 dias), quando havia 362 internados.

           Informou ainda, que em média, nas últimas semanas, a rede local possuía 420 pacientes internados nos leitos covid-19. No sábado (27), o número de pacientes chegou a 401 e, agora, com 375, a redução foi de 6,4% nas últimas 24 horas. Deste total, 192 são de Santos (51,2%) e 183 de outras cidades (48,8%). Já em relação aos casos mais graves, a maioria dos pacientes é moradora de outras cidades da região. Há 154 internados nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), 85 deles residentes de outros municípios (55,2%) e 69 de Santos (44,8%).

            Menor ocupação - A taxa de ocupação hospitalar geral dos leitos covid-19 está em 42%, com 898 leitos disponíveis neste domingo (28). Entre os 312 leitos de UTI, a taxa de ocupação é de 49%, a menor desde 24 de abril, data que os hospitais passaram a informar diariamente os dados (decreto nº 8.945). Na rede privada, a ocupação é de 65% e, no SUS, de 37%.

            Novos casos – A Seção de Vigilância Epidemiológica (Seviep) recebeu, neste domingo (28), 43 notificações de covid-19, passando o número de casos acumulados de 8.637 para 8.680 (+0,5%). Não houve notificações de óbitos. Desde o início da pandemia foram confirmadas 359 mortes pela doença. Mais informações em www.santos.sp.gov.br/saude/dadoscoronavirus.

           Boletim do dia - Casos confirmados: 8.680 

                                        Suspeitos: 466

                                        Internações: 192 (69 em UTIs)

                                        Recuperados: 5.503 (592 hospitalares) 

                                       Óbitos (confirmados): 359 (12 em investigação)

                                       Testes rápidos: 54.838

                                       Testes PCR: 18.432

(Divulgação/PMS)