Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Desfile virtual arrecadará cobertores ao Fundo Social

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2020-07-25 -00:37

                        Desfile virtual arrecadará cobertores ao Fundo Social

          O desfile beneficente Luzes de uma nova era será no próximo dia 30, marcando a reabertura da Casa da Frontaria Azulejada, no Centro Histórico, com arrecadação de cobertores para a Campanha do Agasalho 2020 do Fundo Social de Solidariedade (FSS). Sem público em razão da pandemia da covid-19, o evento organizado pela empresária Clô Macia será transmitido em quatro horários diferentes pela internet e terá a participação de crianças e adultos apresentando peças de 14 marcas de roupas e acessórios.

        As apresentações poderão ser acompanhadas em tempo real pelas três redes sociais da oficina de modelos By Clô: Facebook (https://www.facebook.com/Byclo/), YouTube (https://www.youtube.com/channel/UCkthnFGlkmlrCEVcC_HaTFQ?app=desktop) e Instagram (https://www.instagram.com/oficinabyclo/). Os dois primeiros desfiles serão infantis, com duração entre 20 e 25 minutos, sendo às 17h com crianças de quatro a sete anos e, às 18h30, de nove a doze anos. Já às 20h e às 21h30, serão com adultos e terão meia hora. Os quatro horários visam evitar aglomeração nos camarins.

     Os desfiles ocorrerão em passarela montada no chão, delineada por 200 velas artificiais. Durante a transmissão ao vivo, modelos e lojistas farão a doação de cobertores e o público será incentivado a doar cobertores novos e entregá-los ao FSS - em razão da pandemia, a edição deste ano da campanha recebe apenas cobertores novos, para evitar a propagação da doença com a manipulação de peças usadas.

        Cuidados - Realizado há 24 anos na Cidade, o evento terá, na entrada, aferição de temperatura e entrega de álcool em gel de bolso para os modelos. Apenas as crianças poderão estar acompanhadas dos responsáveis. Todos foram orientados quanto a distanciamento e uso de máscaras.

       Casa da Frontaria - Imóvel do século 19, a Frontaria Azulejada passou por obras de recuperação do telhado e da fachada. O imóvel é considerado um dos principais símbolos da história, cultura e arquitetura santistas. Sobrado de dois andares, em estilo neoclássico, foi escritório, hotel, armazém de cargas e depósito de adubos químicos. É tombado pelos órgãos de defesa da União, Estado e Município, e conta importante fase do ciclo do café. (Divulgação/PMS)