Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Presidente dos estivadores considera positiva conciliação no TRT

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2012-06-23 -11:37

 Presidente dos estivadores considera positiva conciliação no TRT

O presidente do Sindicato dos Estivadores, César Rodrigues Alves, considera “positivo” o resultado da conciliação no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), nesta sexta-feira (22).

Um dos pontos favoráveis aos portuários, segundo ele, foi o relatório da assessora econômica do TRT, Tânia Christina Zotto, que constatou erros na escala do Ogmo (Órgão Gestor de Mão-de-Obra).

“Erros gravíssimos na escala eletrônica, tão combatida pelos trabalhadores e tão defendida pelo Ministério Público do Trabalho” destaca o sindicalista.

César entende que o relatório da assessoria econômica do TRT “provou que os portuários tinham razão, ao reclamar das falhas, enquanto o Ogmo e o MPT diziam que estávamos em greve. Os companheiros não pegavam trabalho por conta das falhas eletrônicas nas máquinas”. Ele destaca que o relatório reconheceu a presença mínima de 70% dos portuários nas escalas, ressaltando que “foi dos trabalhadores a proposta, aceita pelo MPT e endossada pelo TRT, de prolongar as negociações por 60 dias, visando as excepcionalidades na escala”.

“A máquina não substituiu o homem. E foi isso que mostrou o relatório do TRT, além de erros crassos, envolvendo até cartões ilegais de embarque nas mãos de terceiros, alheios ao Ogmo” disse o sindicalista que destaca ainda “uma vitória o fato da juíza relatora, Ivani Contini Bramante, ter se posicionado de maneira veemente contra os editais de vinculação da estiva. Ela foi enfaticamente contra os editais das empresas para contratação de estivadores com registro em carteira de trabalho, considerando isso um fator de confronto neste momento”.

César disse que juíza se prontificou a telefonar para os terminais, propondo que revoguem os editais: “Por tudo isso e muito mais, a audiência foi positiva”.

(Texto: Paulo Passos: Fotos: Arquivo EA)