Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Portuários: sem realinhamento salarial haverá paralisação

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2012-08-27 -17:24

Portuários: sem realinhamento salarial haverá paralisação

Os empregados da Codesp (Companhia Docas do Estado de São Paulo) decidiram em assembleia, na última sexta-feira (24), dar um voto de confiança à estatal para que haja uma definição sobre o realinhamento salarial da categoria.

O presidente do Sindaport, Everandy Cirino (foto), alerta que, caso os portuários não tenham resposta em 20 ou 30 dias, darão andamento à Campanha Salarial, o que significa solicitar mesa-redonda com a Codesp na Gerência Regional do Trabalho, decretar dissídio coletivo e programar paralisação das atividades.

Além dessa paralisação, outra também está sendo planejada pelos empregados da Codesp caso haja a privatização das autoridades portuárias (leia mais em: Perigo – Pacote ameaça portuários avulsos) – Fotos: Divulgação